Clique e assine a partir de 8,90/mês

Veja Essa: Papa Francisco, Jacinda Ardern e Ricardo Salles

As frases da semana

Por Lizia Bydlowski - Atualizado em 1 out 2020, 20h32 - Publicado em 2 out 2020, 06h00

“Penso na perigosa situação da Amazônia (…). A crise ambiental está intimamente ligada a uma crise social.”
PAPA FRANCISCO, que está empenhado em preservar a floresta e os povos indígenas

“Tratar organizações de direitos humanos como associações criminosas e opositores como bandidos é uma tentativa deliberada (…) de instigar um clima de terror.”
ANISTIA INTERNACIONAL, ao anunciar que decidiu ir embora da Índia por causa da “caça às bruxas” empreendida pelo governo contra as ONGs

“Fumei sim, há muito tempo.”
JACINDA ARDERN, primeira-ministra da Nova Zelândia, admitindo que experimentou maconha. A liberação da droga será votada no mesmo dia 17 de outubro em que ela concorre à reeleição

“Eu os procurei e disse: ‘Preciso do seu tempo. Não preciso do seu dinheiro’.”
CARLOS GHOSN, ex-presidente da Nissan, que fugiu da prisão no Japão, está foragido no Líbano e adotou como missão convencer outros ex-CEOs a se unir a ele em um curso para executivos no país

“Tudo o que a gente faz em termos de bom senso, equilíbrio e racionalidade eles rotulam como desrespeito ao meio ambiente.”
RICARDO SALLES, ministro do Meio Ambiente, sobre a sensata, equilibrada e racional decisão de anular as normas de proteção de restingas e manguezais. Uma liminar suspendeu a medida

“Um dos maiores desafios estratégicos de nosso tempo é o risco de um confronto em grande escala na esfera digital.”
VLADIMIR PUTIN, presidente da Rússia — a mãe de todas as interferências eletrônicas em eleições alheias —, lançando um curioso apelo para que se adotem medidas para conter a ação dos hackers

“Lamento muito que um fato inesperado e infeliz em nossas águas territoriais tenha causado decepção ao presidente Moon Jae-in e ao povo do Sul.”
KIM JONG-UN, grande líder da Coreia do Norte, em raro pedido de desculpas. O fato: tropas norte-coreanas mataram, jogaram óleo e incendiaram um funcionário público sul-coreano que cruzou a linha divisória da península, por medo de que ele estivesse contagiado com o novo coronavírus

Continua após a publicidade
FERNANDA PAES LEME – Reprodução/Instagram

“Além de um bom vibrador, expor macho fragilizado e limitado também me dá prazer.”
FERNANDA PAES LEME, atriz, rebatendo comentário do secretário da Cultura, o ex-ator Mario Frias, que, diante da declaração dela de que, na pandemia, “quebrou vibrador de tanto usar”, postou: “Q vida solitária não?”

“Ai, meu Deus, ele vai me matar.”
MARIANA GODOY, apresentadora, rindo da própria indiscrição ao revelar que o marido, Dalcides Biscalquin, ex-padre, “ficou virgem até os 37 anos, que foi quando a gente se casou”

“Uma diferença em relação à lista antiga é que não existe uma história objetiva da música popular.”
JON DOLAN, editor da revista Rolling Stone, que atualizou a lista dos 500 melhores álbuns de todos os tempos compilada em 2003. No primeiro lugar, sai Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles, e entra What’s Going On, de Marvin Gaye

“MÃE.”
APPLE MARTIN, filha de 16 anos da atriz Gwyneth Paltrow, em sucinta crítica no Instagram à foto que Gwyneth postou, toda nua, no dia de seu aniversário de 48 anos

“No começo, eu pisava em ovos. Depois, virou uma cama de pregos. Depois, um campo minado. Nunca sabia quando e por que ele ia explodir, e a ansiedade não dava trégua.”
MARIAH CAREY, cantora, descrevendo o relacionamento de oito anos com Tony Mottola, poderoso chefe da Sony Music que deslanchou sua carreira

“Primeiro compraram, depois queimaram.”
PAULO COELHO, escritor com nome inscrito no índex dos bolsonaristas, negando ter tido prejuízo com o casal que postou vídeo queimando seus livros

Publicado em VEJA de 7 de outubro de 2020, edição nº 2707

Continua após a publicidade
Publicidade