Clique e assine com 88% de desconto

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

Por Da Redação - 23 mar 2018, 06h00

“Quantos maridos e quantas esposas não fazem suas promessas de casamento e eternidade no casamento numa cerimônia religiosa, com testemunhas, com juramento, com juras de amor, e às vezes se separam?”

João Doria, prefeito de São Paulo, em entrevista à Band, ao anunciar que deixará a administração da cidade para concorrer ao governo do estado. Ele repetiria essa ladainha ao longo da semana para explicar o divórcio dos eleitores

“Há um novo código penal no país, o do autoritarismo.”

Antonio Mariz de Oliveira, advogado de Michel Temer, no 'Estado de S. Paulo'. Ele se referia à decisão do ministro do STF Barroso — sempre ele, nos últimos dias! — de quebrar o sigilo bancário do presidente

“Confesso que saio triste daqui.”

Lula, depois de sua caravana passar por Bagé, no Rio Grande do Sul, onde ele foi hostilizado por manifestantes favoráveis ao presidenciável Jair Bolsonaro

“Na mão esquerda trago uma certeza; na direita, uma garantia. Atenção, às vezes eu troco de mãos.”

Geraldo Vandré, em entrevista coletiva para anunciar o show que faria na quinta 22 e sexta 23, em João Pessoa, na Paraíba. Vandré é paraibano. Raríssimas vezes, desde 1968, depois do imenso sucesso de 'Pra Não Dizer que Não Falei das Flores', ele se apresentou no Brasil

“Sim, penso que a comparação com 1936 está correta.”

Boris Johnson, secretário do Exterior do Reino Unido, ao concordar com um parlamentar britânico para quem Vladimir Putin pode usar a Copa do Mundo da Rússia como peça de propaganda nos moldes do que Adolf Hitler fez com os Jogos Olímpicos de Berlim
Anielle Silva, irmã da vereadora assassinada Marielle Franco, em um protesto no centro do Rio Mauro Pimentel/AFP

“Tô indignada, com sangue nos olhos de buscar justiça pela minha irmã. Eu não vou descansar enquanto isso não for resolvido.”

Anielle Silva, irmã da vereadora assassinada Marielle Franco, em um protesto no centro do Rio

“São duas coisas lindas. Precisam de mim. É peito, é peito, é peito. Delivery de peito.”

Ivete Sangalo, que acaba de ter gêmeas

Publicado em VEJA de 28 de março de 2018, edição nº 2575

Publicidade