Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O ator do amor impossível

Morre, aos 86 anos, o ator e cantor americano Tab Hunter

Em sua biografia, publicada em 2005, o ator e cantor americano Arthur Andrew Kelm disse acreditar que a felicidade de um indivíduo depende sobretudo da sua capacidade de ser fiel a si mesmo. Como chegou a admitir, nem sempre as circunstâncias permitiram que ele agisse assim. Aos 15 anos, morando com a avó e a mãe na Califórnia (os pais se divorciaram quando ele era criança), Kelm entrou para a Guarda Costeira, mas foi expulso ao descobrirem que mentira a idade. Trabalhava em um estábulo quando o ator Richard Clayton (1915-2008) o conheceu. Impressionado com a sua beleza e porte atlético, Clayton indicou-o ao agente Henry Willson. Foi Willson quem lhe deu o nome pelo qual se tornaria conhecido, Tab Hunter. Contratado pelo estúdio Warner, participou do filme O Fugitivo de Santa Marta (1950) com uma única fala, que acabou excluída na edição final. Depois, estrelou longas-metragens como Qual Será Nosso Amanhã? (1955) e Impulsos da Mocidade (1956). Os filmes e o sucesso da canção Young Love, que em 1957 chegou a liderar o ranking da Billboard, transformaram-no em ídolo adolescente. Aos 74 anos, o ator e cantor revelou na autobiografia ter escondido a homossexualidade durante toda a carreira, por considerar que Hollywood não estava pronta para aceitá-la. Seu relacionamento secreto com o também ator Anthony Perkins deverá ser tema de um filme produzido por J.J. Abrams (do seriado Lost e de Star Wars: os Últimos Jedi). Tab Hunter morreu no domingo 8, de parada cardíaca. Tinha 86 anos.

 


Menina de ouro

900 MILHÕES –  Kylie, 20: ninguém com sua idade ganhou tanto dinheiro

900 MILHÕES –  Kylie, 20: ninguém com sua idade ganhou tanto dinheiro (//AP)

Aos 20 anos, Kylie Jenner está na capa da revista Forbes deste mês como a jovem que acumula a maior fortuna do mundo entre as pessoas que construíram o próprio negócio: ela vale hoje espantosos 900 milhões de dólares, juntando um reality show, os contratos publicitários e os rendimentos de sua marca de cosméticos. Kylie é a caçula do clã Kardashian, o sexteto americano formado por mãe e cinco filhas que se tornou uma máquina acumuladora de visualizações na internet, audiência na TV e bons negócios. Famosa pela mania de aumentar os lábios (acaba de anunciar que removeu todos os traços de preenchimento), ela é filha da matriarca Kris com Caitlyn Jenner, anteriormente Bruce, ex-atleta olímpico que fez a transição para o sexo feminino. Solteira, namorada do rapper Travis Scott, mãe de uma menininha de 5 meses, Kylie mal chegou à capa da Forbes e já se prepara para outro marco: assim que alcançar o primeiro bilhão de dólares, o que deve acontecer aos 21 anos (seu aniversário é em 10 de agosto), vai superar Mark Zuckerberg, do Facebook, no pódio de mais jovem bilionária self made (ou seja, não herdeira) da história.

 

Publicado em VEJA de 18 de julho de 2018, edição nº 2591