Clique e assine a partir de 8,90/mês

Leitor: Vacina contra a Covid-19, fintechs e Trump

Os assuntos mais comentados da semana

Por Da Redação - Atualizado em 15 out 2020, 13h08 - Publicado em 16 out 2020, 06h00

Assuntos mais comentados

– Reportagem de capa

– Vacina contra a Covid-19 (Página Aberta com Dimas Tadeu Covas)
– Primeira Pessoa (Teresa Corção)
– Fintechs
– Donald Trump
– Novos rótulos para os alimentos

BOLSONARO

Apoio o presidente e fico feliz por ele ter evoluído. Como parlamentar, conseguia tudo na marra, é como fazia política. Aprendeu, agora, que é preciso negociar — mas lhe falta um pouco de silêncio. Como tudo o que ele diz é distorcido ou tirado de contexto, melhor falar menos (“Depois dos gritos de guerra, o acordo de paz”, 14 de outubro).
Alexandre Fernández
Barcelona, Espanha (via Facebook)

O Congresso é representante do povo, eleito pelo povo – é o povo, portanto, quem tem de melhorar seu voto e não pôr em Brasília gente que não presta. O presidente precisa aprovar e tocar em frente as pautas que interessem aos brasileiros, simples assim. E não há outra saída a não ser construir pontes.
Cristina Osório Dourado
Goiânia, GO (via Facebook)

Bolsonaro construindo pontes? Ou seja, voltamos ao mais do mesmo e segue o baile.
Erivelto Luís
Feira de Santana, BA (via Facebook)

Gosto de Bolsonaro mais radical.
Leandro Ayres Montenegro
Maceió, AL (via Facebook)

Pontes? O presidente constrói pinguelas.
Domingos Luiz Filho
São Luís, MA (via Instagram)

Como diria o Justo Veríssimo, de Chico Anysio: “O povo que se exploda”.
Ari de Oliveira Maciel
Curitiba, PR (via Facebook)

VACINA

Ideologia não se mistura com saúde pública. Por trás da CoronaVac desenvolvida em parceria com uma farmacêutica chinesa há pesquisadores brasileiros que estão entre os melhores do mundo. O Instituto Butantan é maior do que qualquer briga política (“Nosso otimismo não é gratuito”, Página Aberta de Dimas Tadeu Covas, 14 de outubro).
Gunther Gomes
Brasília, DF (via Facebook)

EMPREENDEDORISMO

É preciso sempre inovar, mas sem depender do governo (“Faltou solidariedade”, Primeira Pessoa com a chef Teresa Corção, 14 de outubro).
Filó Martins
Ouro Preto, MG (via Instagram)

Empreendedor aguerrido que se presta não fica esperando esmola do governo. Vai à luta.
Marcondes Santos
Porto Alegre, RS (via Facebook)

FINTECHS

Os bancos digitais realmente se tornaram muito eficientes e trabalham com um custo mais baixo para o consumidor. Estão criando uma revolução (“A grande aposta”, 14 de outubro).
Paulo Prado
Curitiba, PR (via Facebook)

Continua após a publicidade

Banco digital? Não. Prefiro agências.
Clotilde Medeiros
São Paulo, SP (via Facebook)

DONALD TRUMP

Todo político populista e negacionista como Trump acaba caindo em sua própria armadilha — é o preço que se paga pela irresponsabilidade (“Uma eleição contagiante”, 14 de outubro).
Gisele Siqueira
São Paulo, SP (via Facebook)

Como é que se escreve “é só uma gripezinha” em inglês?
Rodrigo Fernandes
São Paulo, SP (via Instagram)

ALIMENTAÇÃO

Excelente a aprovação de novos rótulos para os alimentos industrializados (“A arte de comer bem”, 14 de outubro). Mas é preciso que a população aprenda a lê-los.
Flor Benites
Cascais, Portugal (via Facebook)

YOUTUBERS QUE DÃO AULAS

O ser humano sempre se reinventa. A humanidade é incrível (“Eles têm a resposta”, 14 de outubro).
Pablo Dario
Maceió, AL (via Instagram)

INSPIRAÇÃO BRASILEIRA - Carla Bruni: a ex-primeira-dama da França acaba de lançar um disco inteiro inspirado pela bossa nova de João Gilberto – Eric Guillemain/Universal Music/.

“Idade é preconceito. A inteligência não envelhece.” (“A beleza é relativa”, entrevista de Páginas Amarelas com Carla Bruni, 14 de outubro)
Vera Augusta Vailati Bertolucci
São Paulo, SP (via Instagram)

GUITARRAS

Comprei a minha e voltei a tocar durante a quarentena (“É rock’n’roll, baby”, 14 de outubro).
Fabiano Faria Agbaivê
São Paulo, SP (via Facebook)

FARRAH FAWCETT

Na adolescência eu brincava de As Panteras — e sempre dizia que era a Farrah (“Se meus cabelos falassem”, 14 de outubro).
Andréa Guilherme
São Paulo, SP (via Instagram)

A mulher brasileira que eu queria ver com as franjas da Farrah Fawcett é a Gisele Bündchen.
Taís Marconi
São Paulo, SP (via Instagram)

Publicado em VEJA de 21 de outubro de 2020, edição nº 2709

Continua após a publicidade
Publicidade