Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Leitor: Coronavírus, Marcos Cintra e a herança de Gugu Liberato

As mensagens enviadas na última semana

Por Da Redação Atualizado em 7 fev 2020, 09h59 - Publicado em 7 fev 2020, 06h00

ASSUNTOS MAIS COMENTADOS

– O vírus chinês
– Marcos Cintra (Páginas Amarelas)
– Ministério da Educação
– A herança de Gugu Liberato
– Animais de rinha (Primeira Pessoa)


CORONAVÍRUS

Apesar de tudo, e de todo o pânico, estamos bem seguros e confiantes nas ações do governo chinês. Força, China — ou jiayou, China, como se diz por aqui (“Alerta global”, 5 de fevereiro).
Christine Marote
Xangai, China (via Instagram)

A fome mata diariamente muito mais que qualquer vírus. A diferença é que a fome não pode atingir as elites.
Daniel Santos
Cachoeira do Sul, RS (via Facebook)


GOVERNO

As promessas de austeridade do presidente Bolsonaro no uso do dinheiro público não se concretizaram, e a farra continua, sem dó nem piedade. Quando faltar dinheiro nos cofres, o governo saberá o que fazer, isto é, reduzirá os benefícios dos mais necessitados na Previdência Social, na saúde e no Bolsa Família. Chegará o dia em que a bolha vai estourar (“Mordomia sem fim”, 5 de fevereiro).
Mauro Asperti
São Paulo, SP


MARCOS CINTRA

O Brasil só terá justiça social quando tivermos uma reforma tributária inteligente, como a proposta pelo ex-secretário Marcos Cintra. Parabéns pela entrevista (“Guedes quer uma CPMF”, Páginas Amarelas, 5 de fevereiro).
José Pinto da Silva
Passos, MG

É lógico que todo mundo tem medo de qualquer imposto com a denominação de CPMF. O que falta é uma proposta clara sobre a reforma tributária.
Alexandre Luís Carignato Censi
São Paulo, SP


EDUCAÇÃO

Até parece que antes o Ministério da Educação funcionava às mil maravilhas (“Abaixo da média”, 5 de fevereiro).
Silvia Kerpen
Caxias do Sul, RS

“Imprecionante.”
Felix Lemos
São Paulo, SP (via Instagram)


ROBERTO POMPEU DE TOLEDO

O artigo de Roberto Pompeu de Toledo, “ ‘Não é para mim’ ”, de 5 de fevereiro, que aborda a síntese profunda e objetiva da professora Priscila Cruz sobre os desafios da educação brasileira para o futuro da nação, é um alerta à nossa elite política.
Paes Landim
Brasília, DF


“Os franceses brincando de fazer suas minirrevoluções francesas até que um choque mais duro seja inevitável.” (Imagem da Semana, 5 de fevereiro)
Diego Biehl
Blumenau, SC (via Facebook)

Continua após a publicidade

BOMBEIROS COMO O CORINGA – Protesto em Paris: corporativismo contra a necessária e inevitável reforma da Previdência incomoda Emmanuel Macron Yoan Valat/EPA/EFE

BREXIT

Parabéns ao Reino Unido. Saiu antes de perder sua identidade e cultura. Pode até ser difícil no começo, mas valerá a pena (“Saiu. E agora?”, 5 de fevereiro).
Jonathas Honorato
São Paulo, SP (via Instagram)

Não será fácil sair da casa dos pais… que, no caso, historicamente, seria dos filhos.
Nelson Rocha
São Paulo, SP (via Instagram)


GUGU

Gente, deixar uma herança para alguém é forma de demonstrar gratidão. Por que Gugu não reconheceu o valor de Rose e a importância dela na vida dele e dos filhos? Quanto egoísmo (“Até que os bens os separem”, 5 de fevereiro).
Tatiana Rocha
Campo Alegre de Lourdes, BA (via Facebook)

Na hora de tirar fotos para revistas e manter a aparência de uma família feliz, Rose, a mãe dos três filhos do apresentador, servia. Agora não tem direito a nada? Gugu não era tão bonzinho como parecia.
Danielle Souza
Magé, RJ (via Facebook)

Gugu sempre foi uma pessoa bem-­vista por todos nós. Amável, solidário. Eu sempre o admirei muito. Mas seu testamento é injusto.
Alcirene Alcino da Silva
São Paulo, SP (via Instagram)

A vida como ela é.
Bernardino Machado Jr.
São Paulo, SP (via Instagram)


CÃES DE RINHA

Linda e inspiradora a história de Michelle Nosralla (“ ‘Adotei um pit bull que lutava em rinhas’ ”, Primeira Pessoa, 5 de fevereiro).
Jocleidson Silva
São Paulo, SP (via Instagram)

Pit bull é uma das melhores raças. Superdócil, resistente. É um cão que adora crianças.
Saulo Javarine
Niterói, RJ (via Instagram)

Não entendo a cabeça de quem participa de rinha com animais. É muita sordidez e maldade.
Iêda Lima
São Paulo, SP (via Instagram)


TURISMO

Ficar em paz mudou de nome e ficou caro (“Férias para a mente”, 5 de fevereiro).
Rafael Cabral
São Paulo, SP (via Instagram)

Publicado em VEJA de 12 de fevereiro de 2020, edição nº 2673

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês