Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TRF4 nega mais um recurso de José Dirceu, que fica perto da prisão

Ex-ministro da Casa Civil ainda poderá apresentar um último recurso na segunda instância, mas ficou perto de voltar para a cadeia

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou os embargos infringentes apresentados pelo ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu (PT) contra a sua condenação na Operação Lava Jato. Com a decisão, fica mantida a pena de 30 anos, nove meses e dez dias de prisão, pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro. A prisão do ex-ministro pode ser decretada em menos de um mês.

Apesar da derrota, a decisão foi parcialmente favorável a Dirceu. Se o TRF4 tivesse decidido não conhecer (não analisar) o pedido, estaria encerrado o processo em segunda instância e ele poderia ser preso. Diante da análise e negativa, o ex-ministro poderá apresentar ainda embargos de declaração contra o acórdão da decisão nessa quinta-feira.

José Dirceu foi considerado culpado por ter promovido vantagens indevidas à empreiteira Engevix em ao menos quatro contratos com a Petrobras, que lhe renderam pagamentos de propina, segundo a denúncia — a defesa nega as acusações. Ao contrário do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o processo contra Dirceu coube esse outro tipo de recurso por ter havido uma divergência: os três desembargadores não concordaram em relação à dosimetria da pena, já que o relator, João Pedro Gebran, pedia que a punição fosse maior.

Os embargos infringentes da Lava Jato são julgados pela 4ª Seção do TRF4, que reúne a 8ª Turma – a que condenou Lula – e a 7ª Turma. A votação foi unânime no quórum formado pelos desembargadores Salise Sanchotene, Márcio Rocha, Cláudia Cristófani, Victor Laus, Leandro Paulsen e pelo juiz federal Nivaldo Brunoni, que cobre as férias de Gebran.

A ordem do Tribunal é a de que a execução da pena de José Dirceu deva ser executada pelo juiz Sergio Moro tão logo se avaliarem os novos embargos que o ex-ministro pode apresentar, que não têm o poder de alterar a condenação. Após a publicação do acórdão, a defesa de Dirceu será notificada e terá 12 dias (dez para abrir a intimação eletrônica e dois de prazo regimental) para apresentar o recurso.

Paralelo ao TRF4, Dirceu segue a mesma estratégia – derrotada – que o ex-presidente Lula articulou no Supremo Tribunal Federal (STF) na tentativa de evitar a prisão. Ele entrou com um habeas corpus preventivo no STF alegando que a súmula do TRF4 que torna automático o cumprimento da pena quando esgotados os recursos em segunda instância desobedece a jurisprudência da Corte, que torna possível, mas não obrigatória, a prisão.

Não há prazo para julgamento do caso no Supremo. Se permanecer o quadro do STF no julgamento de Lula, há maioria para recusar pedidos do tipo, contabilizando os cinco ministros a favor da prisão em segunda instância (Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia) e a ministra Rosa Weber que, apesar de ser contra, tem se colocado contra habeas corpus do gênero em defesa do atual entendimento da Corte.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    Cadeia nele ! Em Dirceu , Lula e todos os membros do bando .

    Curtir

  2. news da hora

    Tudo começou em Santo André , depois tivemos o mensalão do PT , e em seguida passaram a saquear bilhões da Petrobrás , Eletrobrás , Correios , BNDES , … , .

    Curtir

  3. news da hora

    Esses bilhões hoje fazem falta para as famílias de bem do nosso Brasil , na saúde , educação , segurança , … , milhares de crianças , jovens , idosos morrerem por causa destes saques bilionários de Lula , Dirceu , Petralhas , Pmdbtralhas e cias .

    Curtir

  4. Paulo Bandarra

    A Constituição não é cidadã, é da vergonha. Criminoso condenado e reincidente ainda livre. STF se virando para salvar bandidos em nome da “constituição”!

    Curtir

  5. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    NA VERDADE, A CORRUPÇÃO DO PT COMEÇOU NA DÉCADA DE 80, TEM EXPLICAR A “CASINHA” SEM ALUGUEL DO AMIGO TEIXEIRA DO LULA DEPOIS DE 1989 E AS PREFEITURAS(CASO CPEM) DO PT NA DÉCADA DE 90.
    “Em 1997, Lula teve de explicar imóveis ao partido” (Estadão)

    Curtir

  6. Alberto de Araujo

    Esse cara, embargos infringentes está na crista da onda. É midiático. Supera até o Neymar. O STF é o grande companheiro dele. Já é conversa de taxista.Haja criatividade jurídica. Se houvesse um campeonato mundial de firulas de juízes o Brasil seria favorito de campeão mundial. Mais provável que o futebol.

    Curtir

  7. Roberto Strazzabosco

    se fosse ladronzinho pé de chynelo já estaria on te jail há anos. Mas na lata de lixxo em que moramos…

    Curtir

  8. Roberto Strazzabosco

    Não dá mesmo para entender. 11 homens e mulheres que não receberam um só voto para estarem onde estão fazem chover para cima, e com água quente…

    Curtir