Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Temer volta a Brasília e retoma agenda de trabalho no Planalto

Presidente estava repousando em São Paulo desde segunda-feira, quando teve alta de hospital após cirurgia na próstata

Por Agência Brasil - 1 nov 2017, 15h53

O presidente Michel Temer (PMDB) retornou nesta quarta-feira a Brasília após passar por uma cirurgia em São Paulo na semana passada e permanecer em repouso. Temer saiu da capital paulista no início da manhã e chegou em Brasília por volta das 10h30. Ele retoma ainda hoje a agenda de trabalho no Palácio do Planalto, que, inicialmente, deve ter apenas despachos internos.

Na quarta-feira da semana passada, Temer sentiu um desconforto na região abdominal e procurou avaliação no departamento médico do Palácio do Planalto, sendo constatada uma obstrução urológica. O presidente então seguiu para o Hospital do Exército para exames e tratamento, tendo alta no mesmo dia.

Dois dias depois, passou por um procedimento no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, sob supervisão do seu médico pessoal, o cardiologista Roberto Kalil Filho. Temer se submeteu a uma raspagem da próstata e desobstrução da uretra, que levou duas horas e foi realizada “sem intercorrências”.

A liberação ocorreu na segunda-feira, com a contrapartida de que Temer ficasse em repouso em sua residência em São Paulo, no bairro Alto de Pinheiros, na zona oeste. Enquanto esteve em casa, recebeu ministros e parlamentares. Também despachou com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, assinando medidas provisórias da área econômica.

Publicidade