Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Senado aprova convite para ouvir Graça Foster

Presidente da Petrobras foi chamada para prestar esclarecimento sobre compra de gás excedente da Bolívia, investigada pelo TCU

A Comissão de Relações Exteriores do Senado aprovou nesta quinta-feira um convite para que a presidente da Petrobras, Graça Foster, preste esclarecimentos ao colegiado sobre o contrato que a estatal firmou para pagar 434 milhões de dólares pela compra de gás excedente produzido pela Bolívia. O Tribunal de Contas da União investiga o caso.

O requerimento é de autoria do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), e foi aprovado de forma simbólica, sem rejeições. A comissão aprovou ainda outro requerimento, também apresentado por Ferraço, que convida o ministro da Agricultura, Neri Geller, a comparecer à comissão para falar sobre a importação de café para ser processado no Brasil. O senador tem se queixado da Nestlé, que pretende utilizar café importado na unidade que pretende construir no Espírito Santo e que fabricará cápsulas utilizadas em máquinas de preparo instantâneo. O parlamentar afirma que a medida prejudicará os produtores capixabas.

Os convites para Graça Foster e Neri Geller ocorrem um dia depois de os deputados aprovarem convocação para que o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, fale à Comissão de Agricultura da Câmara sobre a compra de 51% da Central Energética de Goiás (Celg) pela Eletrobras. Neri Geller também foi convocado e deve dar explicações sobre o controle da febre aftosa.

Nesta semana, os deputados haviam derrotado o governo ao derrubar o decreto bolivariano do governo Dilma Rousseff que cria os conselhos populares na administração.

Leia também:

Turbulência à vista: Câmara convoca dois ministros de Dilma

Os bastidores do vai e vem ministerial: os feridos, os fortalecidos e os irritados