Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quatro ministros se licenciam para votar contra impeachment de Dilma

A presidente Dilma Rousseff exonerou nesta quinta-feira quatro ministros do seu governo, que têm mandato parlamentar, para reassumirem o posto na Câmara dos Deputados e votarem contra o processo de impeachment neste domingo. Os decretos foram publicados hoje no Diário Oficial da União. Foram licenciados os ministros Mauro Lopes (Aviação Civil); Celso Pansera (Ciência); Marcelo Castro (Saúde) e Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário). Os três primeiros são do PMDB e Ananias, do PT. “Considerando os desafios na votação do impeachment, o governo decidiu que todos os ministros que tem mandato de deputado deverão retornar à Câmara”, escreveu Ananias em sua página no Facebook na noite desta quarta-feira.

Também foi publicado no Diário Oficial a exoneração do ministro Gilberto Occhi. Nesta quarta, ele entregou sua carta de renúncia seguindo a orientação do seu partido, o PP, de deixar a base aliada de Dilma. Diferente de Occhi, Lopes, Pansera e Castro ainda persistem nos cargos, mesmo com a decisão do PMDB de desembarque do governo. (Eduardo Gonçalves, de São Paulo)

Leia também:

Nanicos contra Dilma: PHS fecha maioria pró-impeachment

O que restou do PMDB para Dilma: 10 votos