Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PT indica senador sem voto para vice-presidência da Casa

Aníbal Diniz chegou ao Senado porque era suplente do petista Tião Viana

A bancada do PT indicou nesta quarta-feira o senador Aníbal Diniz (AC) para substituir Marta Suplicy na vice-presidência do Senado. A senadora deixa a Casa e tomará posse nesta quinta-feira como ministra da Cultura.

A nomeação de Marta para o ministério decorre de um acordo com o PT e com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ela aceitasse ingressar na campanha de Fernando Haddad (PT) à prefeitura de São Paulo.

Ex-secretário de Comunicação no governo do Acre, Aníbal não recebeu nenhum voto para chegar ao Senado Federal: era suplente de Tião Viana, eleito para o governo do Acre em 2010. O cargo de vice-presidente é importante porque José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado, não costuma participar de todas as sessões.

O nome de Aníbal deve passar ainda por votação nominal no plenário. “O Aníbal preenche todas as condições para exercer a função de vice-presidente, em uma momento importante, de pautas importantes”, disse o líder do PT, senador Walter Pinheiro (BA). “Foi eleito por uma chapa que teve um governador eleito. Ele não é um suplente que apareceu simplesmente em uma campanha.”

Se aprovado pelos colegas, o senador ficará na vice-presidência até fevereiro do ano que vem, quando será eleita a nova Mesa Diretora.