Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Planalto põe UPP em nova ‘agenda casada’ com Dilma

Recém-incorporadas ao discurso da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) criadas pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), foram adotadas pelo Ministério do Turismo. Com investimento inicial de 184.000 reais do governo federal, será lançado dia 30, no Morro Dona Marta, com a presença confirmada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o projeto-piloto Rio Top Tour. O objetivo, segundo site do ministério, é “aproveitar o potencial turístico do local a partir da inclusão dos moradores”.

O evento, em plena campanha eleitoral, estava marcado para o dia 13. O primeiro anúncio foi feito por Cabral, via Twitter. Na terça, no debate entre os candidatos a vice dos presidenciáveis, promovido pelo Grupo Estado, o companheiro de chapa da petista, Michel Temer (PMDB), citou o exemplo das UPPs, tema que virou quase um mantra na campanha.

O texto de divulgação do projeto – realizado em convênio com a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Estado – é só elogios ao programa da Secretaria de Segurança do governo peemedebista.

“Depois de um dia de praia, uma caminhada no calçadão e uma visita ao Cristo Redentor, nada mais agradável para o turista que conhecer mais de perto a cultura e tradição de um lugar tão rico como o Rio. Melhor ainda se esse contato se der em uma comunidade que hoje é símbolo de uma nova cidade, com seus serviços, produtos, segurança e hospitalidade prontos para atender todos os visitantes.”

(Com Agência Estado)