Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O gordo colchão de Gim Argello

Principal alvo da 28ª fase da Operação Lava Jato, Gim Argello é um sujeito precavido, do tipo que sempre tem um dinheirinho à mão para qualquer emergência. A tese é comprovada pela lista de bens fornecida por Gim ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas eleições de 2014 – e indica que o colchão do ex-senador deve ter recebido atenção especial dos agentes da Polícia Federal que bateram hoje à sua porta. No pleito daquele ano, em que não conseguiu se reeleger ao Senado, Gim declarou à Justiça Eleitoral manter sob sua posse nada menos que 800.000 reais em dinheiro vivo, o equivalente a 18% de seu patrimônio total declarado, de 4,5 milhões de reais. O mais novo hóspede da carceragem da PF em Curitiba conseguiu superar até a presidente Dilma Rousseff em termos de aversão ao sistema bancário. A petista declarou ao TSE em 2014 possuir 152.000 reais em espécie. (João Pedroso de Campos, de São Paulo)