Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Novo secretário do MDA preside ONG que está inadimplente com…o MDA

Ligado ao MST, Milton Fornazieri dirige entidade que recebeu 19 milhões de reais do Ministério do Desenvolvimento Agrário e não prestou contas

Por Hugo Marques Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 26 mar 2023, 16h57 - Publicado em 26 mar 2023, 16h57

Keli Mafort, coordenadora nacional do MST , foi escolhida pelo governo para comandar a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais e Articulação de Políticas Públicas da Presidência da República. Conforme mostrou reportagem de VEJA, ela foi responsável pela ação que ficou conhecida como “invasão da Fazenda do Temer”, em 2016, propriedade que na verdade pertencia a um amigo do então vice-presidente da República.

O MST acaba de conquistar mais uma área estratégica no governo Lula. Trata-se da nomeação de Milton José Fornazieri para o cargo de secretário de Abastecimento, Cooperativismo e Soberania Alimentar do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (MDA). Fornazieri está no MST desde 1989 e coordena a produção nas cooperativas do movimento.

O nome dele também consta no Portal da Transparência como presidente da Confederação das Cooperativas de Reforma Agrária do Brasil, a Concrab, uma ONG  ligada ao MST, que está inscrita no Cadastro de Entidades Privadas Sem Fins Lucrativos Impedidas.

Isso significa que a Concrab está proibida de celebrar novos convênios, contratos de repasse ou parceria com a Administração Pública Federal, em função de irregularidades.

Continua após a publicidade

Entre 1996 e 2008, a ONG recebeu 19,7 milhões de reais através de convênios assinados com o governo, não prestou contas e nem apresentou os documentos que lhe foram solicitados para sanar “irregularidades na execução financeira”. O Portal da Transparência não detalha que irregularidades são essas, mas o leque inclui cinco acusações.

Fornazieri assumiu a presidência da Concrab em agosto de 2007 e parte desses convênios foi assinada na gestão dele com o Ministério do Desenvolvimento Agrário , onde ele agora vai trabalhar. A Concrab também está inscrita na Dívida Ativa da União com débitos no valor total de 110 mil reais. O  MDA e Fornazieri não se manifestaram.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.