Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nova inspeção veicular pode começar só em maio

Serviço de inspeção poderá começar com três meses de atraso. Somente 40% da frota inspecionada em 2013 terá de passar por vistoria este ano

A prefeitura de São Paulo pretende substituir os serviços prestados pela concessionária Controlar na capital paulista em consulta pública, marcada para o dia 13 de janeiro. A Controlar encerrará as atividades em 31 de janeiro e já determinou aviso prévio para todos os 800 funcionários.

O prefeito Fernando Haddad (PT) confirmou nesta quarta-feira que poderá fazer o remanejamento no calendário de fiscalização de fevereiro para maio. A alteração de 90 dias será usada para que a empresa vencedora da licitação possa se estuturar para fazer as novas inspeções.

Leia também:

Controlar emite aviso de demissão a todos os funcionários

Haddad suspende contrato de inspeção veicular

Um terço dos veículos ficará livre de inspeção em 2014

Segundo a gestão Haddad, o modelo vigente inspeciona carros que poderiam descartar a vistoria pelo fato de serem novos e, consequentemente, emitirem poluentes dentro dos limites convencionados pela legislação federal. Dessa forma, somente 40% da frota inspecionada em 2013 terá obrigatoriedade de vistoria do novo modelo de inspeção.

A Controlar ainda recorre na Justiça para continuar oferecendo os serviços. A empresa afirma que tem contato vigente até 2018. “Estamos subordinados a qualquer decisão judicial, mas nós queríamos romper há muito tempo esse contrato. Ele já foi condenado, inclusive, em segunda instância, já tem pendências judiciais suficientes”, afirmou Haddad.

(Com Estadão Conteúdo)