Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marta Suplicy: ‘Vou ganhar a eleição de 2012’

Em sucessivas entrevistas, senadora peita Lula e desacredita Fernando Haddad

A senadora Marta Suplicy (PT) escancarou nesta segunda-feira sua disposição em disputar a prefeitura de São Paulo e peitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tenta impor ao partido a candidatura do ministro da Educação, Fernando Haddad.

“Lula vai entender que não haverá tempo para tornar um candidato desconhecido do povão em conhecido e viável eleitoralmente”, disse em entrevista ao portal de notícias Brasil 247. “O PT não poderá correr riscos em São Paulo.”

A reportagem foi divulgada no início da tarde por meio do Twitter oficial da senadora com a seguinte frase de Marta: “Vou até o fim e vou ganhar a eleições de 2012.” Em meio a críticas ao prefeito Gilberto Kassab, Marta teve um surto de autoconfiança: “Eu vou botar essa cidade para funcionar outra vez.”

A petista colocou-se como a candidata natural do PT para disputar a prefeitura e o único nome capaz de fazer frente a José Serra, do PSDB. Apesar de o ex-governador não ter se colocado na disputa, Marta dá a candidatura dele como certa, para justificar a proposição de seu próprio nome. “Na última hora Serra terá de ser o candidato deles. Eles não têm outra alternativa”, apostou Marta.

Determinada a concorrer em 2012, a senadora repete o tom de entrevistas publicadas no fim de semana pelos jornais Valor e O Estado de S.Paulo. Ao Valor, Marta disse que Lula “não é maior do que a conjuntura”. Ao Estado, afirmou que o ex-presidente só insistirá na candidatura de Haddad se quiser perder a eleição.