Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marco Maia não acredita em criação de imposto

Presidente da Câmara dos Deputados discorda da ministra Ideli Salvatti e defende redistribuição da malha tributária

O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), disse nesta segunda-feira que não acredita na aprovação de um novo tributo para a saúde. Na contramão da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, o petista afirmou que o Congresso não deve aceitar a criação do imposto.

“Não vejo possibilidade nenhuma de criação de um novo imposto, nem neste ano nem no próximo ano. O que eu enxergo é, dentro do arcabouço de impostos que já são cobrados no Brasil, você readequar, rediscutir, redestinar recursos para a área da saúde”, disse Marco Maia. A ministra Ideli Salvatti afirmou, em declarações publicadas pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta segunda-feira, que o governo vai, mesmo, criar um novo tributo para suprir a falta de recursos na saúde pública.

Regulamentação – Na semana passada, a Câmara aprovou a regulamentação da Emenda 29, que trata dos recursos para a saúde, mas rejeitou a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS). O texto segue agora para o Senado. A Câmara deve colocar em funcionamento nos próximos dias uma comissão que irá discutir alternativas de financiamento para o setor.

Leia também:

Leia também: Governo aprova Emenda 29 sem imposto