Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula vai inaugurar teleférico do Alemão três meses antes da conclusão da obra

Teste das gôndolas será feito no sábado. Funcionamento do sistema para os moradores, no entanto, só será liberado em março do próximo ano

O cartão-postal do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Rio de Janeiro será inaugurado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima terça-feira. Trata-se do teleférico que ligará as favelas do Complexo do Alemão, na zona norte. Para ensaiar a última grande inauguração de uma visita de Lula ao Rio, como presidente, a Secretaria Estadual de Obras testará neste sábado o equipamento. Sete gôndolas circularão por duas estações para conferir a eletromecânica do sistema.

Quem imagina que o passo seguinte a uma inauguração seja o uso da obra pela população pode se frustrar. O funcionamento, como meio de transporte para valer, só vai ocorrer quando a faixa presidencial estiver com Dilma Rousseff, em março de 2011.

O secretário estadual de Obras, Hudson Braga, e o presidente da Empresa de Obras Públicas do Estado, Ícaro Moreno, estarão presentes para detalhar o funcionamento do teleférico. A primeira viagem com passageiros está reservada para o presidente, na terça, quando Lula embarcará em uma das cabines para passear pelo Alemão. E, claro, deixar na lembrança a sua estampa de inaugurador de obras do PAC.

O percurso de 3,5 quilômetros de extensão pelas cinco estações no conjunto de favelas durará 15 minutos. O transporte será feito por 152 gôndolas, com capacidade para três mil passageiros por hora. Em cada uma cabem 10 pessoas, oito sentadas e duas em pé. Cada estação ganhará uma instalação do estado. Na do Morro do Adeus, haverá uma sala de leitura e uma agência do Banco do Brasil. Quem desembarcar no Morro do Alemão verá um centro de referência da juventude. Na estação Itararé será criado um centro de serviços à comunidade.

No PAC do Alemão foram entregues 728 unidades habitacionais com gasto total de 725 milhões de reais. O Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes, com complexo esportivo, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas e o Centro de Educação Tecnológica e Profissionalizante são algumas das construções erguidas sob a guarda do PAC.

LEIA TAMBÉM:

Governo do Rio planeja criar monotrilho nas encostas