Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Líder do PSDB defende convocação de Cardozo

O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), defendeu nesta quarta-feira a convocação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para que ele explique a reunião que teve com advogados das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato. Conforme revelou VEJA, em um encontro fora da agenda oficial, Cardozo tranquilizou as empresas citadas no escândalo do petrolão e disse ao advogado Sergio Renault, que defende a UTC, que a Lava Jato terá uma reviravolta. Ao final, o ministro ainda desaconselhou a empreiteira a fechar um acordo de colaboração com a Justiça. De acordo com o senador, Cardozo “age como advogado do governo e de partes envolvidas no processo” e precisa explicar as circunstâncias da reunião. “Por que o ato falho de negar a realização do encontro? Ao negar a realização do encontro, se desejava esconder qual teor de conversa? O que foi tratado ali?”, questionou o tucano. Uma das possibilidades é ouvir o ministro na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. (Laryssa Borges, de Brasília)

Leia mais: No Twitter, Barbosa defende demissão de Cardozo