Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Justiça suspende direitos políticos de ex-prefeito do Rio

Cesar Maia foi condenado por improbidade administrativa durante sua gestão

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia teve os direitos políticos suspensos por oito anos, conforme decisão da Justiça divulgada nesta segunda-feira. Atual vereador pelo DEM, ele foi condenado por improbidade administrativa durante sua gestão e também deverá devolver 400.000 reais aos cofres públicos.

De acordo com a ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado (MPRJ), César Maia contratou 27 vezes e sem qualquer licitação o próprio cunhado, o advogado Paulo Eduardo de Araujo Saboya, para defendê-lo em questões judiciais.

A 6ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania destaca que “a contratação foi feita quando os processos judiciais já haviam encerrado; houve uma estranha e incomum celeridade nos pagamentos efetuados ao contratado e sem qualquer prestação de contas”. Além disso, os 27 contratos foram fixados no mesmo valor, 8.000 reais, independentemente da causa.

A assessoria de imprensa de César Maia disse que vai recorrer. A decisão não interfere em seu atual mandato de vereador.