Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Infraero será multada por problemas nos aeroportos do Rio

Santos Dumont será punido por falhas no ar-condicionado durante cinco dias, e Galeão, pelo apagão de quarta-feira passada

Por Da Redação 28 dez 2012, 14h16

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) será multada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pelos problemas ocorridos nesta semana nos dois aeroportos do Rio de Janeiro.

Para o Santos Dumont (regional), a multa será de 50.000 reais para cada dia em que o sistema de ar-condicionado não funcionou adequadamente. Até agora, a agência constatou a falha em cinco dias, totalizando 250.000 reais a serem pagos. Já a multa que será aplicada como punição pelo apagão do Antônio Carlos Jobim (Galeão, internacional), ocorrido na última quarta-feira, será de 35.000 a 50.000 reais, valor ainda a ser definido por técnicos da agência.

A decisão foi anunciada nesta sexta-feira pelo presidente da Anac, Marcelo Guaranys, durante vistoria feita no Galeão. Ele estava acompanhado do ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, e do presidente da Infraero, Gustavo Vale, que reconheceu a responsabilidade pelo apagão e pediu desculpas aos passageiros.

Sobre a criação de uma subsidiária da Infraero anunciada na semana passada pela presidente Dilma Rousseff, o executivo disse que o plano é encontrar um sócio estrangeiro para a nova empresa, que se chamará Infraero Serviços, no primeiro semestre de 2013.

Leia também:

Sem ar-condicionado, aeroportos do Rio viram saunas

Aeroporto Tom Jobim fica às escuras no Rio de Janeiro

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade