Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grupos pró e contra impeachment fazem atos em frente à ONU

Manifestantes pró e contra o impeachment disputaram espaço e fizeram protestos nesta sexta-feira em frente à sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, onde a presidente Dilma Rousseff discursou na cerimônia de assinatura do Acordo de Paris sobre Mudança do Clima. O grupo favorável ao afastamento da presidente segurava faixas de apoio ao juiz federal Sergio Moro e cartazes onde se lia “Dilma é uma criminosa. Impedimento agora”. Já o grupo de apoio a Dilma distribuiu flores e recorreu à narrativa governista de que o impeachment é golpe. Havia a expectativa de que a presidente usaria o palanque da ONU para anunciar que estava sendo vítima de um processo sem base legal no Brasil. Após receber críticas da oposição e de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em relação ao discurso golpista, a presidente decidiu adotar um tom mais ponderado na ONU, limitando-se a dizer que o Brasil vive um “grave momento” e que a sociedade saberá “impedir qualquer retrocesso [na democracia]”. (Da redação)

Manifestantes contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, realizam protesto em Nova York, nos Estados Unidos, durante a Assembléia-geral da ONU, em cerimônia de assinatura do Acordo do Clima - 22/04/2016 Manifestantes contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, realizam protesto em Nova York, nos Estados Unidos, durante a Assembléia-geral da ONU, em cerimônia de assinatura do Acordo do Clima – 22/04/2016

Manifestantes contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, realizam protesto em Nova York, nos Estados Unidos, durante a Assembléia-geral da ONU, em cerimônia de assinatura do Acordo do Clima – 22/04/2016 (/)