Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gravação mostra pedido de propina no Ministério do Trabalho

Veja a imagem e ouça o áudio da conversa da lobista com empresário negociando pagamento de propinas para o PTB

A reportagem de capa de VEJA que chega às bancas nesta sexta-feira revela uma pérola da roubalheira que ocorre em Brasília com uma frequência que nem a Operação Lava Jato conseguiu evitar até agora. Uma conversa gravada pelo empresário gaúcho Afonso Rodrigues de Carvalho no ano passado mostra dois lobistas pedindo 4 milhões de reais em troca de um serviço junto ao Ministério do Trabalho, que só será realizado porque, além da propina, quem manda no pedaço é o deputado Jovair Arantes, líder do PTB na Câmara e aliado do presidente Michel Temer.

Lobista 2: (…) A gente vai ter até que envolver o deputado Jovair…

Empresário: Não é o Jovair Arantes?

Lobista 2: É… O Jovair está junto com a gente, porque ele tem força e por ser do meu estado de Goiás. Eles tinham feito um cálculo. Eles tinham pedido 500 000 para pagar a parte técnica, para pagar as pessoas envolvidas lá e uma ponta para o Jovair. E 2,5 (milhões de reais) quando sair…

À exceção de um dos lobistas, que confirmou a cobrança e o pagamento de propina, todos os demais envolvidos no caso negam a existência de qualquer irregularidade.

Assine agora o site para ler na íntegra esta reportagem e tenha acesso a todas as edições de VEJA:

Ou adquira a edição desta semana, a partir desta sexta-feira, 7 de março de 2018, para iOS e Android.

Aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. news da hora

    É a hora de impedir as raposas velhas e ladronas como Lula , Renan , Aécio e cias de concorrer no pleito de 2018 .

    Curtir

  2. É o bonde do Bob.

    Curtir

  3. Hamilton Ramos

    Quando vão entender que nada disto é novidade?Os politicos em 99% dos casos acabaram com o Brasil!Não sei o que será para a frente,mas vejo pouca coisa boa

    Curtir

  4. Antonio Renovável

    Não tem jeito: Mesmo lugar, mesmo método, e os mesmos canalhas ladrões e corruptos!!!

    Curtir

  5. Pierre Magalhaes de lima

    Qual partido não está enrolado?

    Curtir

  6. Pierre Magalhaes de lima

    A roubalheira cóntinua solta !

    Curtir