Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Genu foi preso em hospital de Brasília

Apontado como um dos elos dos escândalos do mensalão e do petrolão, o operador João Claudio Genu, alvo principal da 29ª fase da Operação Lava Jato, foi preso nesta segunda-feira em um hospital de Brasília, onde estava visitando um dos pacientes. Genu, que conseguiu se livrar das condenações do mensalão graças à prescrição de um dos crimes e do acolhimento de embargos infringentes em acusações de lavagem de dinheiro, não ofereceu resistência ao receber voz de prisão. As investigações preliminares apontam que ele recebeu pelo menos 2 milhões de reais em propina pelo menos até 2013. Os repasses de dinheiro sujo a ele, feitos pelo doleiro Alberto Youssef e sua equipe, variavam de 40.000 reais a 70.000 reais mensais. (Laryssa Borges, de Brasília)