Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-funcionário da Odebrecht pede liberdade à Justiça

A defesa do ex-funcionário da Odebrecht João Antônio Bernardi Filho apresentou nesta terça-feira ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) pedido de habeas corpus para colocar o executivo em liberdade. Ele é o quinto preso da 14ª fase da Operação Lava Jato a enviar habeas corpus ao TRF-4. Bernardi é sócio da empresa offshore Hayley S.A., um dos novos flancos de investigação dos policiais na etapa batizada de Erga Omnes. Os investigadores conseguiram mapear que a Hayley embolsou propina de 1 milhão de dólares paga pelo empresário Júlio Camargo supostamente a mando do lobista Fernando Soares, operador do PMDB no esquema. Em comunicado publicado nesta segunda-feira, a construtora Odebrecht informou que Bernardi “deixou de integrar qualquer empresa da Organização Odebrecht há mais de uma década”. (Laryssa Borges, de Curitiba)