Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Em SP, Aeroporto de Congonhas opera por instrumentos

De acordo com a Infraero, dos 109 voos previstos até às 13h, 16 atrasaram e 6 foram cancelados. Chove em todo o Brasil nesta sexta-feira

Por Da Redação 9 dez 2011, 09h15

O mau tempo faz o Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, operar por instrumentos desde às 6 horas, quando abriu as portas. De acordo com o boletim da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) divulgado às 13 horas, 16 voos atrasaram e 6 foram cancelados entre os 109 previstos para o período. O Aeroporto Internacional de Guarulhos também teve de operar por instrumentos desde a madrugada até as 8 horas. Com a diminuição da chuva, ele opera agora normalmente. Até as 13 horas, 10 voos estavam atrasados e 7 haviam sido cancelados, de um total de 118 chegadas e partidas previstas para o período. Ainda em Guarulhos, cerca de 90 funcionários que dão apoio no setor de Controle de Imigração entraram em greve na noite desta quinta-feira. Os terceirizados dizem estar com os salários atrasados. A Polícia Federal nega qualquer problema no pagamento deles. Agentes da PF de outras unidades foram acionados para substituir os grevistas e garantir a normalidade no atendimento do controle migratório. Chuva – O dia será de pancadas de chuva em grande parte do Brasil nesta sexta-feira, de acordo com o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). Haverá muita nebulosidade e pancadas de chuva a qualquer hora do dia nos estados do Acre, Amazonas, Rondônia, oeste do Pará, em Mato Grosso, sul de Goiás, no centro-norte de Mato Grosso do Sul, no centro-sul de Minas, em São Paulo, no Paraná e no norte de Santa Catarina. Pode ocorrer chuva forte em algumas localidades dessas áreas, principalmente em cidades do Sudeste. No leste e norte do Pará, no Tocantins e norte de Minas Gerais haverá sol entre nuvens e pequena chance de pancadas de chuva localizada a partir da tarde. No leste do Rio Grande do Sul e leste da Bahia o tempo ficará instável. Nas demais áreas do Brasil o tempo será ensolarado. Instrumentos ─ Todos os dias, invariavelmente, os aeroportos brasileiros operam com o auxílio de instrumentos eletrônicos que medem, por exemplo, a distância entre o avião e o chão. Quando o céu está aberto, sem nuvens, as informações desses aparelhos são associados à visão do piloto. Nesse caso, no jargão aeronáutico, o aeroporto opera por “visual”. Assim, diz-se que um aeroporto “opera por instrumentos” quando o “operar por visual” se torna impossível, por causa da grande quantidade de nuvens no céu. (Com Agência Estado)

Publicidade