Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dilma chega ao Sírio-Libanês para visitar Alencar

Presidente chegou de helicóptero acompanhada pelo secretário-geral, Gilberto Carvalho

Por Carolina Freitas 10 fev 2011, 11h11

A presidente Dilma Rousseff chegou às 11h50 ao Hospital Sírio-Libanês para uma visita ao ex–vice-presidente José Alencar. Ela se deslocou de helicóptero do Aeroporto de Congonhas e, ao descer no hospital, foi diretamente para o quarto da Unidade de Terapia Intensiva, onde se encontra o ex-vice. Alencar está internado desde as 14 horas de quarta-feira por conta de complicações de um câncer.

Acompanhada pelo secretário-geral da Presidência, ministro Gilberto Carvalho, Dilma não deve fazer declarações à imprensa. Um pouco antes da chegada da presidente, o assessor particular de Alencar, Adriano Silva, chegou ao hospital e informou aos jornalistas que o ex-vice havia passado bem a noite. Por volta de meio-dia, o filho de Alencar, Josué Gomes da Silva, também falou à imprensa. Disse que havia passado pelo hospital logo cedo e encontrara o pai acordado. “Ele está bem, acordado e conversando com todos”, disse.

A assessoria do hospital confirma que José Alencar está consciente, mas em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele foi levado ao hospital após sentir fortes dores abdominais. Ao chegar, os médicos constataram uma perfuração intestinal, por conta do câncer. A equipe do hospital descarta, por enquanto, uma nova cirurgia e estuda o melhor procedimento a ser adotado.

Publicidade