Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deputado do PSL que atacou colega trans revela ser homossexual

Douglas Garcia, da Assembleia paulista, discutiu com Érica Malunguinho (PSOL) após afirmar que ‘arrancaria à força’ trans que estivesse em banheiro feminino

O deputado estadual Douglas Garcia (PSL), da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), provocou polêmica nesta semana, ao dizer, durante um discurso no plenário da Casa, que “arrancaria à força” uma transexual que utilizasse o banheiro feminino da Casa.

“Se por um acaso, dentro do banheiro de uma mulher que a minha mãe ou a minha irmã for utilizar, entre um homem que se sente mulher ou que pode ter arrancado o que ele quiser, colocado o que ele quiser, eu não estou nem aí. Eu vou tirar ele lá de dentro primeiro no tapa. E depois chamar a polícia para levar ele embora. Porque é esse o ponto a que chegamos no Brasil”, afirmou na ocasião.

A fala foi proferida enquanto os deputados estaduais discutiam um projeto de lei que pretende proibir que pessoas trans participem de esportes profissionais e na sequência de um discurso da deputada estadual Érica Malunguinho (PSOL). Mulher transexual, ela se considerou diretamente atingida pelo discurso de Garcia, que é líder do movimento Direita São Paulo e se elegeu pela primeira vez no ano passado.

A deputada estadual e o PSOL pediram a cassação de Garcia pelo episódio. Nesta sexta-feira, 5, uma novidade revirou completamente o caso: a pedido de Garcia, que se disse abalado, a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL) foi ao púlpito anunciar a decisão do colega de revelar que é homossexual.

“Ele tomou a decisão e está um pouco abalado, por isso ele pediu para eu fazer a comunicação. Hoje, depois de 25 anos, ele conseguiu conversar com os pais dele e dizer que ele é homossexual”, disse Janaina. Ao final do discurso, o próprio parlamentar falou sobre o assunto. Ele disse que não quis envolver nem causar constrangimentos ao PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Douglas Garcia se disse “bem resolvido” com a sua sexualidade, afirmou que mantém as suas posições conservadoras e que resolveu revelar que é gay após receber ameaças nas redes sociais de pessoas que prometiam expô-lo. “Não diminui em nada as bandeiras que eu venho defendendo aqui na Assembleia Legislativa contra a ideologia de gênero”, afirmou. “Eu nunca quis trazer a público porque eu nunca quis fazer disso uma bandeira política”.

Veja o vídeo em que o deputado afirma que é homossexual:

“Não diminui em nada as bandeiras que eu venho defendendo aqui na Assembleia Legislativa contra a ideologia de gênero. Eu nunca quis trazer a público porque eu nunca quis fazer disso uma bandeira política.”

Douglas Garcia (PSL-SP), deputado estadual
Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Aí é que tá. E agora, José?

    Curtir