Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brasília tem atos pró-Bolsonaro e cruzes de protesto diante do Congresso

Manifestações foram modestas e não houve incidentes

Por Da Redação - Atualizado em 28 jun 2020, 18h23 - Publicado em 28 jun 2020, 16h33

Pequenos grupos de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro realizaram protestos em Brasília neste domingo, 28, em frente ao Quartel General do Exército e diante do Palácio do Planalto. Os manifestantes exibiram faixas com pedidos de intervenção militar e contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), além da instauração de um “tribunal militar para julgar a prender todos os comunistas”. Em outra das faixas do protesto, estendida diante do Planalto, palavras de ordem para que senadores deem andamento a processos de impeachment contra ministros do STF.

O protesto em frente ao QG do Exército teve, em abril, a presença do presidente Jair Bolsonaro, o que ampliou o desgaste do mandatário com o STF. Desde então, o presidente e ministros militares e da área jurídica tentam reconstruir a interlocução com o tribunal. Na Corte, está nas mãos do ministro Alexandre de Moraes, um dos alvos preferenciais de bolsonaristas, uma investigação que apura a organização e financiamento de atos antidemocráticos. Não houve incidentes durante os atos.

Neste domingo, em frente ao gramado do Congresso Nacional, outro grupo realizou um protesto silencioso contra a postura de Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus. Foram instaladas mil cruzes em homenagem aos mais de 57.000 mortos por Covid-19 e uma faixa com os dizeres “+ de 50 mil mortos. Bolsonaro, pare de negar”. O país conta hoje com 1,3 milhão de casos da doença.

Publicidade