Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bolsonaro recebe alta da UTI e inicia dieta leve

Novo boletim médico do hospital Albert Einstein diz que presidenciável permanece 'afebril, sem sinais de infecção'

Por André Siqueira - 11 set 2018, 19h08

O candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) recebeu alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e foi transferido para uma unidade de cuidados semi-intensivos, diz o boletim divulgado pelo hospital Albert Einstein na tarde desta terça-feira, 11.

No período da manhã, os médicos informaram a retirada a sonda do presidenciável, que voltou a se alimentar por via oral. Segundo o comunicado desta tarde, Bolsonaro segue afebril, sem sinais de infecção e recebendo as “medidas de prevenção de trombose venosa”.

O boletim, assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo, diz, ainda, que foi iniciada uma dieta leve, com boa tolerância do paciente, que não apresentou náuseas ou vômitos. Leia abaixo a íntegra do documento:

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado no Hospital Israelita Albert Einstein recebeu, nesta terça-feira, alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), passando agora para uma unidade de cuidados semi-intensivos. Foi iniciada uma dieta leve, com boa tolerância do paciente sem apresentar náuseas ou vômitos. Permanece afebril, sem sinais de infecção, recebendo as medidas de prevenção de trombose venosa.

Publicidade