Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsonaro diz que apoia Trump e fala de novo em fraude na eleição dos EUA

Sem provas, presidente também voltou a dizer que as eleições brasileiras de 2018 foram fraudadas e que ele deveria ter ganho no primeiro turno

Por Da Redação Atualizado em 7 jan 2021, 09h35 - Publicado em 6 jan 2021, 22h12

O presidente Jair Bolsonaro reiterou seu apoio ao atual chefe de estado dos EUA Donald Trump ao ser questionado por apoiadores nesta quarta-feira, 6, sobre a invasão de apoiadores do republicano ao Capitólio durante sessão que deveria ratificar o resultado da eleição presidencial de novembro.

Mas Bolsonaro não disse diretamente sua opinião sobre o ocorrido. “Eu acompanhei tudo. Você sabe que eu sou ligado ao Trump. Você sabe da minha resposta. Agora muita denúncia de fraude, muita denúncia de fraude. Eu falei isso um tempo atrás, a imprensa falou: ‘Sem provas o presidente Bolsonaro falou que foram fraudadas as eleições americanas'”, afirmou. O governo federal ainda não se posicionou oficialmente sobre as manifestações nos EUA.

Jair Bolsonaro voltou a dizer que as eleições brasileiras de 2018 foram fraudadas e que ele deveria ter ganho no primeiro turno. “A minha foi fraudada. Eu tenho indício de fraude, era para eu ter ganhado no primeiro turno. Ninguém reclamou que foi votar no 13 e que a maquininha não respondia. Mas o contrario sim: quem votava no 17 aparecia [o número 13 nas urnas], mas o contrário, ninguém que votava no 13 aparecia [o número 17] (…) Tinha uma colinha lá no numero 7. O pessoal fraudou as maquininhas, sabotou. Mas ninguém botou cola no número 13″, disse.

O Brasil foi o último país integrante do G20 a reconhecer a vitória de Joe Biden nas eleições americanas. Bolsonaro parabenizou o presidente eleito nos EUA após 38 dias de sua eleição.

Continua após a publicidade
Publicidade