Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Apesar das chuvas, índice do Sistema Cantareira cai para 18,5%

Temporais dos últimos dias não ajudaram a subir o nível de armazenagem — que é o menor em 10 anos

Por Da Redação 16 fev 2014, 18h04

As chuvas dos últimos dias ainda não tiveram efeito positivo sobre as reservas de água do Sistema Cantareira, em São Paulo. De acordo com dados disponíveis na página da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o índice que mede o volume armazenado do sistema que abastece quase metade da Grande São Paulo diminuiu de 18,6% da capacidade no sábado para 18,5% no domingo. Este é o menor nível em 10 anos. Em fevereiro de 2013, as reservas da Cantareira ultrapassavam 50% de volume armazenado. A pluviometria do mês avançou para 34,7 milímetos (mm) até este domingo, bem abaixo da média histórica de chuvas para o mês todo, de 202,6 mm.

Leia mais:

Apagão deixa quase todo o estado de Alagoas sem luz

Reservatório que abastece São Paulo atinge pior nível na década

SP é o Estado que mais economizou energia no horário de verão

Termelétricas aumentam 48% sua geração de energia em 2013

Continua após a publicidade

O cálculo considera a manutenção das vazões de afluência dos rios e da captação de água da Sabesp e das cidades do Consórcio das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), que representa as demais empresas e municípios que também usam o Sistema Cantareira para abastecimento de água. O total do volume de chuvas necessário soma mil milímetros, praticamente o dobro do que costuma chover entre fevereiro e março.

Já no sistema Alto Tietê, que abastece a zona leste da capital paulista e algumas cidades da Grande São Paulo, o nível de armazenamento se manteve em 40,2%. A pluviometria do mês está em 22,8 mm – a média histórica de chuvas para fevereiro nesse sistema é de 194,3 mm.

Leia ainda:

Método de “fazer chover” não tem comprovação científica, afirmam especialistas

Sabesp estuda realizar operação histórica para garantir água em SP

Sabesp dará 30% de desconto para quem economizar água

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade