Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Delação aponta que Aloysio articulou propina para o PSDB, diz jornal

Depoimento de Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, mostra que ex-senador articulou pagamento de propina para campanhas de José Serra

Por Da Redação Atualizado em 21 set 2019, 15h57 - Publicado em 21 set 2019, 13h41

O ex-presidente da construtora OAS Léo Pinheiro citou o ex-chanceler e ex-senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) como articulador de propinas para o PSDB nas campanhas do senador José Serra (PSDB-SP) à presidência da República em 2006 e 2010. De acordo com uma reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo com o The Intercept Brasil, o ministro das Relações Exteriores de Michel Temer pediu propina para a empreiteira em troca de benefícios para a OAS em obras em São Paulo.

A delação de executivos da OAS aponta que Aloysio Nunes articulou o pagamento de propina da empreiteira em dinheiro vivo a pessoas indicadas pelo tucano. Segundo o jornal, os executivos citam a participação do ex-senador desde 2005, quando José Serra era prefeito da capital paulista. De acordo com os delatores, Aloysio e Serra se reuniram com Léo Pinheiro para discutir obras que haviam sido iniciadas na gestão de Marta Suplicy – então no PT, hoje no MDB – como prefeita de São Paulo, como a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira, na Zona Sul, e o túnel da Radial Leste, na região central da cidade, pedindo a continuidade das obras em troca de pagamentos de 5% sobre os valores.

As informações foram obtidas pelo The Intercept em uma das mensagens trocadas entre procuradores da Lava-Jato. Nos anexos, Léo Pinheiro diz que foi procurado pelo sucessor de José Serra na gestão da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD-SP), para informá-lo que os pagamentos de propina articulados por Aloysio seriam mantidos na nova gestão – iniciada em 2006, na qual o tucano foi mantido como secretário.

Aloysio Nunes Ferreira foi escolhido pelo atual governador João Doria como presidente da Investe SP, agência de investimentos do governo estadual.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.