Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A tropa dos governadores dilmistas

Em ação nos bastidores, ao menos seis governadores do Nordeste formam nesta sexta-feira a face mais visível da tropa dilmista na Câmara dos Deputados para tentar garantir os últimos votos de parlamentares indecisos. Vieram à Câmara Flávio Dino (PCdoB, Maranhão), Ricardo Coutinho (PSB, Paraíba), Jackson Barreto (PMDB, Sergipe), Camilo Santana (PT, Ceará), Rui Costa (PT, Bahia) e Wellington Dias (PT, Piauí). “Não vai faltar voto, mas queremos a garantia. O jogo está nos 44 minutos e a gente veio olhar o fim”, disse Dino. “Estou aqui como ex-parlamentar, como governador de Estado e como alguém que conversa com os deputados de todos os partidos. Tenho conversado não só deputados do Maranhão, porque mantive ótimas relações com todos. Temos que evitar essa marcha da insensatez que está em curso.” Além deles, também circula nos corredores do Parlamento e do Palácio do Planalto o ex-governado do Ceará e ex-ministro Cid Gomes (PDT). Ele voltou a dizer que a presidente “deveria ter se desfiliado do PT e assumido o compromisso de que não iria mais militar partidariamente, nem apoiar um sucessor como forma de distensionar a crise política”. Cid afirmou que já esteve com Dilma nesta sexta e que se manterá ao lado da presidente. (Felipe Frazão, de Brasília)