Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

O pânico de Bolsonaro com a CPI da Covid

Thomas Traumann analisa os atos recentes do governo depois da confirmação da comissão parlamentar de inquérito

Por Thomas Traumann Atualizado em 29 abr 2021, 18h22 - Publicado em 29 abr 2021, 16h56

Sabe quanto o sujeito está se afogando e começa a se mexer na água sem sentido, gastando energia e sem saber o que fazer? O nome disso é desespero. E é assustador assistir o governo do Brasil neste ‘mode pânico’, afinal a CPI é muito ruim para o governo.

E as provas disso vêm todos os dias. Primeiro, foi a ligação com o senador Jorge Kajuru. Depois, ele tentou que o PSD trocasse os senadores indicados para a CPI, porque um dos parlamentares indicados não é alinhado ao governo. Fez o mesmo com o MDB de Renan Calheiros e também não conseguiu. Ainda teve a história do ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten, que disse a VEJA que tentou fechar um contrato de R$ 5 bilhões de compras da vacina da Pfizer, mas sem que o Ministério da Saúde soubesse.

E isso tem poder de fazer um estrago muito perigoso para Jair Bolsonaro.

Entenda nesta edição do podcast Traumann Traduz

Publicidade