Clique e assine a partir de 8,90/mês

A guerra ao coronavírus, a vida em quarentena e os equívocos de Bolsonaro

Augusto Nunes, Dora Kramer e Ricardo Noblat analisam o impacto da pandemia e as reações desastradas do presidente à crise

Por Da Redação - Atualizado em 20 mar 2020, 19h04 - Publicado em 20 mar 2020, 18h26

No episódio da semana, os colunistas Augusto Nunes, Dora Kramer e Ricardo Noblat analisam o drama humano por trás do avanço da pandemia de coronavírus no Brasil. A capa de VEJA desta semana, sobre o trabalho dos profissionais de saúde na linha de frente da guerra contra o vírus, é um dos temas em debate. Nunes diz que é otimista em relação à descoberta do remédio para a doença e Dora observa o confinamento da população. “Uma coisa é não querer sair. A outra é não poder”, diz Nunes.

A atuação desastrada de Bolsonaro diante da crise também é um assunto debatido pelo trio. “Todos nós subestimamos a doença, mas o ministro Luiz Henrique Mandetta reagiu tão rápido quanto possível”, diz Nunes. Para ele, é injusto o tom como se cobra o Ministério da Economia porque o problema é, no fim das contas, mundial. “Temos duas ameaças no momento: uma é do próprio vírus, e outra é a do comportamento irresponsável do presidente da República”, opina Noblat.

 

Publicidade