Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Visita de Obama é cercada de polêmica

A viagem do candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, para a Alemanha está provocando polêmica. Marcada para o dia 24 deste mês, a visita do senador de Illinois ao país foi classificada como “inapropriada” pela chanceler alemã Angela Merkel. O que deixou Merkel descontente foi a intenção de Obama em discursar em frente do Portão de Brandeburgo, ponto de Berlim que marcou a história alemã do pós-guerra, simbolizando a divisão do país e depois a sua reunificação. “Merkel entende que há limite para a utilização do Portão de Brandeburgo como pano de fundo de uma campanha eleitoral e expressa o seu ceticismo sobre a continuidade desses planos”, disse o porta-voz da governante, Thomas Steg.

O ponto já foi cenário de discursos de presidente americanos por várias vezes, mas nunca de um candidato. Foi lá que, em 1987, o então presidente americano Ronald Reagan disse ao líder soviético Mikhail Gorbatchev que o Muro de Berlim deveria cair. Mesmo com a polêmica, Merkel não proibiu o discurso em frente ao Portão e disse que estava “muito feliz” com a ida do candidato democrata ao país.