Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vice-ministro da Defesa e cunhado de Assad morre no atentado de Damasco

Damasco, 18 jul (EFE).- O vice-ministro de Defesa da Síria e cunhado do presidente Bashar al Assad, general Asef Shaukat, morreu nesta quarta-feira no atentado contra o edifício sede da Segurança Nacional em Damasco, informou a televisão estatal.

Shaukat, casado com Bushra, irmã de Assad, foi mais uma vítima do atentado no qual também faleceu o ministro da Defesa, general Dawoud Rajiha.

A TV estatal afirmou que o ministro do Interior Mohammed Ibrahim al Shaar está ferido e seu estado de saúde é estável, apesar de alguns meios de comunicação terem anunciado sua morte no ataque, reivindicado pelo insurgente Exercito Livre Sírio (ELS).

Os dois ministros e o cunhado de Assad estavam na sede da Segurança Nacional, localizada na região central de Damasco, quando aconteceu a explosão.

Após o atentando, a área foi cercada por soldados governamentais, que fecharam ruas próximas ao edifício. Várias ambulâncias estão no local, como a reportagem da Agência Efe constatou.

De credo alauita, como o presidente Assad, Shaukat ocupava o cargo de vice-ministro da Defesa desde setembro de 2011, e foi no passado chefe da inteligência militar. Era considerado um dos principais responsáveis pela segurança do país e parte do círculo mais próximo do presidente. EFE