Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vereador propõe nome de Mussolini para escola na Itália

Ditador fascista foi professor da escola, argumenta o parlamentar na proposição

Um vereador de Pieve Saliceto propôs colocar o nome de Benito Mussolini em uma antiga escola deste povoado do norte da Itália, onde o ditador fascista foi professor no início do século passado, afirmou neste sábado a imprensa local. Em 1902, Mussolini (1883-1945) foi professor substituto na escola, razão pela qual Giovanni Iotti, vereador do partido do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, o Povo da Liberdade, propôs batizar o edifício de “Benito Mussolini, professor”.

“Não quero exaltar a figura de Mussolini como chefe do partido fascista, mas lembrar a imagem do professor em nossas escolas”, explicou o vereador ao jornal regional Resto del Carlino. “Os idosos, os filhos e netos dos que foram seus alunos ouviram falar dele como um professor severo, mas bem preparado”, acrescentou, ressaltando que Mussolini voltou à região nos anos 1930, quando já dirigia a Itália, na liderança do regime fascista (1922-1943).

O vice-prefeito Francesco Villani se opôs ao projeto. “Não estou de acordo, quando Mussolini veio visitar a escola já era um ditador”, disse.

Uma lei italiana de 1952 proíbe a apologia ao fascismo, movimento liderado por Mussolini, que se aliou ao regime nazista alemão de Adolf Hitler.

(Com agência France-Presse)