Clique e assine a partir de 9,90/mês

Unasul levará projeto de US$ 15 bilhões para Cúpula na Colômbia

Por Da Redação - 13 jan 2012, 14h46

Bogotá, 13 jan (EFE).- A União das Nações Sul-Americanas (Unasul) apresentará na próxima Cúpula das Américas que será realizada na cidade colombiana de Cartagena de Indias um projeto de integração física no valor de US$ 15 bilhões, anunciou nesta sexta-feira a secretária-geral do organismo regional, María Emma Mejía.

A ex-ministra, ex-diplomata e jornalista colombiana disse em entrevista à rede ‘RCN’, que se trata de uma iniciativa de integração mediante obras de infraestruturas que lhe foi entregue em dezembro passado.

A secretária-geral da Unasul acrescentou que este projeto será apresentado aos representantes dos setores público e privado que irão à Cúpula das Américas convocada para abril próximo na cidade caribenha de Cartagena.

A reunião reunirá 34 chefes de Governo e Estado americanos, entre eles o americano, Barack Obama.

Mais de 8.000 pessoas vão participar desta Cúpula, convocada sob o lema de ‘Conectando as Américas: parceiros para a prosperidade’.

A colombiana Mejía disse que os 12 países-membros da Unasul devem aproveitar a paz política que reina na região para passar ao fortalecimento da institucionalidade de seu organismo e à integração real, como o fez a Europa há 60 anos.

‘A infraestrutura é o maior lucro que vamos poder ter’, disse a responsável da Unasul, antecipando que nos cinco meses que lhe restam como secretária-geral do organismo se concentrará na integração física da região.

A Unasul, que foi constituída em maio de 2008 e entrou em vigência em março de 2011, tem como membros Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Guiana, Peru, Paraguai, Suriname, Uruguai, Venezuela e Colômbia. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade