Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Um soldado italiano é morto e dois são feridos em explosão no Afeganistão (oficial)

Um soldado italiano morreu e outros dois ficaram feridos nesta segunda-feira em uma explosão no interior de um campo de treinamento da polícia afegã em Adraskan, oeste de Afeganistão, anunciou o Ministério da Defesa italiano.

A explosão aconteceu às 08H50 local (04H20 GMT; 01H20 de Brasília) e matou a Manuele Braj, 30 anos, casado e pai de um bebê de oito meses, anunciou o Ministério da Defesa.

Os outros dois militares sofreram ferimentos leves nas pernas, mas suas vidas não correm perigo, afirmou.

Os dois feridos foram levados ao hospital militar americano de Shindand.

“A zona da explosão foi isolada para permitir obter elementos para a investigação e para reconstituir os acontecimentos”, disse o Estado maior sem dar maiores especificações sobre a eventual origem da explosão.

A partir de 2012, a Itália prevê reduzir seu contingente no Afeganistão. Roma já deslocou 4.000 soldados para a Força internacional de assistência à segurança (ISAF).

De acordo com a contagem da AFP, 51 militares italianos morreram em meio a operações militares ou acidentes desde o início do conflito no Afeganistão.

Na quarta-feira passada, o chefe da diplomacia italiana Giulio Terzi recordou que a Itália pretende por fim às operações de combate ao Afeganistão até o final de 2014. Para o período compreendido entre 2015 e 2017, Roma estabeleceu um orçamento de 360 milhões de euros para financiar projetos de infraestrutura e para continuar seu apoio às forças de segurança afegãs.