Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UE e Rússia apelam por permanência dos EUA no acordo com o Irã

AIEA diz que certificou dez vezes o cumprimento do acordo por Teerã; Trump fará anúncio às 15h, horário de Brasília

Na expectativa do anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a permanência de seu país no acordo nuclear com o Irã, a União Europeia reiterou nesta terça-feira (8) seu apoio ao tratado, enquanto a Rússia pediu a Washington que evite medidas precipitadas. Trump deverá fazer seu anúncio às 15h, no horário de Brasília.

A porta-voz da Comissão Europeia, Maja Kocijancic, defendeu  que “o acordo funciona, e continua o nosso compromisso em implementá-lo”. A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) também se manifestou em favor da permanência dos EUA no acordo ao reiterar que certificou dez vezes o cumprimento de seus termos pelo Irã.

“Este não é um acordo baseado na confiança, mas em fatos”, disse Kocijancic.

De Moscou, o vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, disse que não haver motivos para se acreditar que o Irã esteja a caminho da criação de uma bomba nuclear e que seria impossível pressionar Teerã a fazer novas concessões unilaterais, segundo a agência de notícias russa Tass.

Trump e o premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmam que o governo de Teerã mentiu sobre suas ambições nucleares e não é confiável e alegam que o acordo nuclear, assinado por seis potências com o Irã, não está sendo cumprido. A expectativa é que Trump anuncie a retirada dos Estados Unidos do acordo e a imposição de sanções econômicas sobre Teerã.

(Com AP e Reuters)