Clique e assine com até 92% de desconto

Turistas vandalizam cadáver de baleia no Chile

Fotos tiradas em cima do animal e marcas de pedras deixadas em seu corpo causaram indignação nas redes sociais

Por Da redação 21 fev 2018, 11h40

O cadáver de uma baleia azul que foi arrastado pelas ondas até a praia de Punta Delgada, no Chile, foi vandalizado por banhistas e turistas que visitavam a região.

As pessoas subiram no animal para tirar fotos e usaram uma pedra pontiaguda para escrever uma mensagem em seu corpo. “ANA TE AMO”, dizia o recado.

Gabriela Garrido, pesquisadora do Museu de História Natural do Rio Seco, foi uma das primeiras cientistas a chegar no local para trabalhar com o cadáver e retirá-lo da praia. Ao jornal argentino La Nación, ela afirmou que encontrou a baleia rodeada por mais de 50 pessoas, que tiravam fotos e chutavam o animal.

Cadáver de baleia vandalizado no Chile
Nomes também foram escritos na pele do animal morto @rodrigo_sm/Twitter

“Fiquei chocado ao ver essa falta de controle”, relatou ao jornal. “Pedi para as pessoas não tocarem, para abrirem distância, mas senti muita raiva, muita impotência.”

A foto de duas jovens em cima da baleia azul e dos entalhes deixados no animal geraram revolta nas redes sociais. “A imbecilidade e a falta de respeito não têm limites”, escreveu um usuário no Twitter. “Doloroso e lamentável”, classificou outro.

Segundo os especialistas chilenos, o animal é uma espécie de baleia azul de por volta de 2 anos de idade. A causa da morte mais provável foi inanição, pois o corpo não possui nenhuma marca de machucados que poderiam ter sido produzidos por algum golpe contra barcos, causa comum de morte deste tipo de animal.

  • A baleia provavelmente veio do Atlântico Sul e entrou no Estreito de Magalhães, no sul do Chile, onde ficou presa pelas suas águas por um longo período. De acordo com os veterinários, o animal perdeu quase metade do peso e boa parte da espessura de seus tecidos.

    A região de Punta Delgada é muito frequentada por turistas, pois é dali que sai uma balsa que cruza o estreito em direção ao arquipélago de Terra do Fogo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade