Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Trump promete doar 1 milhão de dólares para vítimas do Harvey

O dinheiro sairá do bolso do presidente

Por Da redação 31 ago 2017, 23h21

A Casa Branca anunciou que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu doar 1 milhão de dólares (mais de 3 milhões de reais) em fundos pessoais para as vítimas e para os esforços de reconstrução das cidades atingidas pelo furacão Harvey.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, fez o anúncio em uma rápida entrevista coletiva nesta quinta-feira. Ela pediu sugestões de organizações de caridade para as quais o dinheiro pode ser destinado.

Sanders não confirmou se o valor da doação sairá da própria fortuna de Trump ou dos cofres da Organização Trump, porém garantiu que será uma contribuição pessoal do presidente.

Na terça-feira, a equipe de campanha do presidente pediu aos eleitores e doadores de fundos que contribuíram com Trump durante o período eleitoral para que doassem às instituições de caridade envolvidas na campanha de recuperação das cidades atingidas no Texas. No passado, o presidente foi criticado por dar menos dinheiro a causas de caridade do que muitos outros multimilionários.

Continua após a publicidade

As inundações do Harvey danificaram dezenas de milhares de casas em todo o Texas e deixaram ao menos 38 mortos. A depressão tropical está, agora, ameaçando a região próxima à fronteira entre os estados do Texas e da Louisiana.

A Moody’s Analytics estima que o custo econômico do Harvey para o sudeste do Texas seja de 51 bilhões a 75 bilhões de dólares (180 a 230 bilhões de reais), ranqueando-o entre as tempestades mais custosas da história americana.

Outros presidentes americanos ​​também já fizeram doações pessoais durante momentos de tragédia nacional. O ex-presidente Barack Obama contribuiu com as vítimas dos atentados de Boston e do tiroteio na escola primária Sandy Hook. Ele também doou 200.000 dólares – tirados de seu Prêmio Nobel da Paz – para um fundo humanitário criada após o terremoto de 2010 no Haiti pelos presidentes George W. Bush e Bill Clinton.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)