Trump faz brincadeira sobre Cristiano Ronaldo ser candidato à Presidência

Americano pareceu não conhecer a estrela do futebol, a quem chamou de Cristian, e perguntou ao presidente português “o quão bom” é o camisa 7

Por Da Redação - Atualizado em 27 jun 2018, 21h58 - Publicado em 27 jun 2018, 19h39

Durante seu encontro hoje (27) na Casa Branca com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, Donald Trump mostrou não ter afinidade com o futebol nem com os jogadores mais destacados da Copa do Mundo da Rússia. Ainda assim, se mostrou empolgado com o fato de os Estados Unidos, o Canadá e o México sediarem o mundial de 2026.

Trump perguntou a Rebelo de Sousa sobre o desempenho de Cristiano Ronaldo, dando a entender que não conhece bem a estrela do futebol português. “O quão bom ele é? Você está impressionado?” questionou.

Sem dar tempo para o presidente português responder, o americano disparou: “Então Cristian (Cristiano Ronaldo) vai concorrer para presidente contra você um dia?”, usando o nome em inglês do camisa 7 do Real Madrid e provocando risos. “Ele não ganharia”, completou.

Sousa arriscou a perguntar se Trump iria se encontrar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante a Copa do Mundo. “Não se esqueça que Portugal tem o melhor jogador do mundo – Cristiano Ronaldo”, disse. “E se você for para a Rússia durante o campeonato, não se esqueça que Portugal ainda está lá e quer ganhar. Estamos indo muito bem”, completou.

Publicidade

Em outro momento do encontro, Trump foi questionado por jornalistas se estava torcendo para alguma seleção na Copa, para a qual os Estados Unidos não se classificou. “Estou torcendo para que todos se saiam bem”, respondeu, diplomaticamente. “Mas acho que o local tem sido fantástico. Eles realmente mostraram algo muito especial”, afirmou, em elogio ao país-sede.

“Meu filho adora futebol e adora assistir à Copa do Mundo”, disse. “É emocionante mesmo se você não é fã de futebol. Sou um pouquinho fã, mas não tenho muito tempo”, completou Trump, que joga golfe.

Sobre a escolha dos Estados Unidos, México e Canadá para a Copa de 2026, Trump afirmou que “lutou muito” para fazer de seu país a sede do campeonato. “E nós estamos muito honrados de termos sido escolhidos. ”

Publicidade