Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tiroteio em faculdade da Carolina do Norte deixa um morto

Um homem foi morto durante um tiroteio na manhã desta segunda-feira na Faculdade Wayne, na cidade de Goldsboro, no Estado americano da Carolina do Norte, e o campus foi fechado. As autoridades ainda não localizaram o atirador, de acordo com relatos da imprensa americana, porém acreditam que ele é um antigo aluno e que conhecia a vítima.

Ron Lane trabalhava na universidade como operador de uma loja de impressão e foi baleado dentro da biblioteca da instituição de ensino, disse o policial Daniel Wiggins à rede americana CNN. Segundo o xerife do Condado de Wayne, major Tom Effler, outros funcionários da instituição identificaram o atirador como Kenneth Stancil, um antigo aluno, agora procurado pela polícia.

Leia também

Tiroteio em universidade dos EUA deixa 3 feridos

‘Apertar o gatilho é a parte mais fácil’, diz ex-sniper americano

A descrição do agressor é de um homem branco, careca, com cerca de 1,80 metro de altura, com cavanhaque e tatuagem sobre o olho esquerdo, relatou a CNN. Ainda segundo as informações, o suspeito vestia uma jaqueta azul e calças claras. As autoridades não sabem como ele deixou o campus da universidade e nem se fugiu utilizando um veículo. Sua motivação ainda é desconhecida, porém para o major Tom Effler o ocorrido “não é uma situação aleatória”.

No site da faculdade, há avisos informando que “o campus inteiro está fechado” e ressaltando que “isto não é um exercício”, mas uma medida de segurança. A Faculdade Wayne tem mais de 3.800 estudantes e o município de Goldsboro, no leste dos EUA, tem aproximadamente 40.000 habitantes.

(Da redação)