Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Time de futebol adolescente fica preso em caverna na Tailândia

Equipe de jovens entre 11 e 16 anos mais o treinador estão presos desde sábado em decorrência das fortes chuvas que atingem o país

Uma equipe inteira de futebol e seu treinador ficaram presos em uma caverna na Tailândia desde o último sábado (23) até esta terça sem que houvessem sido localizados. Centenas de pessoas já integram as equipes de buscas e familiares realizam orações e oferendas para localizar o grupo.

Os doze meninos, que têm idades entre 11 e 16 anos, e seu técnico, de 25 anos, ficaram presos depois que fortes chuvas alagaram o complexo de cavernas de um parque em Chiang Rai, no norte da Tailândia. A polícia acredita que eles tentavam fugir da tempestade quando se abrigaram na caverna Tham Luang que tem 10 quilômetros de comprimento montanha adentro.

Funcionários de resgate acreditam que os meninos estejam presos em uma cavidade, mas os esforços para encontrá-los têm sido dificultados pelo crescente nível das águas. Bombas foram levadas para tentar retirar um pouco da água da caverna.

“Nós precisamos encontrar as crianças hoje. Nós temos esperança de que elas estão vivas em algum lugar lá dentro”, disse o governador da província, Narongsak Osottanakorn. No entanto, a meteorologia prevê mais chuvas nesta terça-feira, o que pode prejudicar os esforços de resgate.

O acesso à caverna fica em um caminho muito inclinado. Três equipes de emergência trabalham no local, uma do lado de fora e duas dentro, incluindo mergulhadores. Os primeiros dias de buscas não permitiram encontrar o menor rastro do grupo. O alerta veio de uma das mães, quando seu filho não retornou para casa no sábado à noite.

As equipes de emergência encontraram bicicletas, chuteiras e mochilas na entrada do local na segunda-feira 25. Algumas fontes citaram pegadas em uma parte da caverna.

As buscas começaram no sábado à noite, mas foram interrompidas pouco depois. O nível da água na caverna subiu, dificultando as buscas e exigindo a presença de mergulhadores nas partes inundadas.

A mídia relatou que o explorador britânico Vern Unsworth, que já visitou a caverna diversas vezes, se juntou à equipe de resgate e até seis civis tailandeses que já exploraram extensivamente a caverna também estão ajudando, disse a polícia.

A caverna Tham Luang não é muito frequentada por turistas por ficar em uma área remota, mas atrai os moradores da região, que veneram uma pequena estátua de Buda no local. Ela é normalmente fechada durante a época de chuvas, que vai de maio a outubro, de acordo com o governo.

Alguns pais passaram a noite em barracas diante da caverna, localizada no distrito de Mae Sai, norte do país, perto da fronteira com Mianmar. “Vim buscar meu filho”, disse uma das mães, sem conter as lágrimas. “Rezei a Deus por eles, mas em meu coração sei que vão sobreviver”, disse o pai de uma das crianças.

Os familiares colocaram frutas, sobremesas, bebidas e doces em tapetes perto da caverna como uma oferenda aos espíritos que algumas pessoas acreditam proteger a floresta. “Volta para casa”, disse uma mãe angustiada. Mamãe está aqui para te buscar.”

(Com Reuters e AFP)