Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Terremoto de 7.3 graus pode ter causado cerca de mil mortos na Turquia

Um terremoto de magnitude 7,3, de acordo com o Instituto Americano de Geofísica (USGS), ocorrido neste domingo na província turca de Van, fronteira com o Irã, causou danos consideráveis e um número ainda não determinado de vítimas.

“O terremoto pode ter deixado entre 500 e mil mortos”, afirmou Gedik Mustafa, chefe do Instituto Sismológico Kandilli, em Istambul.

“O terremoto foi fortemente sentido em Van (cidade de 380.000 habitantes) e arredores, fazendo com que, de acordo com relatos iniciais, os danos e perdas de vida sejam grandes”, anunciou anteriormente um funcionário da capital Ancara.

Há muitas pessoas soterradas sob os escombros, destaca a imprensa local.

O vice-primeiro-ministro da Turquia, Besir Atalay, afirmou que uns quarenta edifícios, incluindo uma escola, desabaram na província de Van, localizada no extremo leste da Turquia, e principalmente habitada por curdos.

A agência de notícias Anatólia informou que 50 pessoas foram hospitalizadas na cidade de Van, onde, de acordo com autoridades locais, o aeroporto permanece operacional.

O epicentro do terremoto, que ocorreu às 10:41 GMT, foi localizado 19 km a nordeste de Van, segundo o USGS, o ponto de referência nestas ocorrências.

Um dos tremores secundários, que ocorreu 15 minutos mais tarde, também teve o epicentro localizado 19 km a nordeste desta cidade, e foi de magnitude 5,6, segundo o USGS .

O primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan, que estava em Istambul (oeste) no momento do terremoto, também sentido nas províncias vizinhas de Van, assim como no Irã, dirigiu-se para Van com vários ministros.

“O terremoto causou um grande pânico”, contou o prefeito de Van, Bekir Kaya, salientando que a rede de telefone da sua cidade foi fortemente danificada.

Imagens transmitidas pela televisão privada NTV mostram dezenas de pessoas usando picaretas e pás para remover os escombros de um edifício de oito andares, localizado na cidade de Van.

“A equipe de resgate da Defesa Civil estão sobrecarregadas, por isso estamos ajudando”, declarou um homem que procura seus dois netos e seu pai, presos sob os escombros.

Os danos mais graves foram registrados, segundo a imprensa, em Ercis, uma cidade de 100.000 habitantes.

O Crescente Vermelho mobilizou e começou a enviar barracas e pessoal à área afetada. “É um poderoso terremoto que pode causar muitos estragos”, disse o presidente da organização, Lutfi Akan. O exército também foi enviado à região.

A escuridão vai dificultar seriamente os esforços de ajuda, enquanto que a temperatura não deve ultrapassar 3 graus Celsius na zona do terremoto, de acordo com as previsões meteorológicas.

Um terremoto dessa magnitude pode causar danos substanciais à Turquia, onde muitas casas foram construídas sem as normas antissísmicas estabelecidas.

A Turquia, que é atravessado por várias falhas geológicas, sofre com terremotos freqüentes.

Dois fortes terremotos nas regiões industrializadas do noroeste causou cerca de 20.000 mortes em agosto e novembro de 1999.

Em 1976, um terremoto matou mais de 3.800 mortos em Caldiran, na província de Van.