Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Suspeito de matar sete pessoas em Michigan se suicida

Homem teria cometido suicídio durante negociação com a polícia americana

Por Da Redação 8 jul 2011, 06h24

Um homem suspeito de ter matado sete pessoas, incluindo uma criança, cometeu suicídio na noite de quinta-feira depois de ter sido cercado pela polícia em uma casa na qual mantinha dois reféns em Grand Rapids, Michigan.

Os reféns não foram atingidos. Rodrick Shonte Dantzler cometeu suicídio no momento em que conversava por telefone com as autoridades locais, informou o chefe de polícia de Gran Rapids, Kevin Belk.

Dantzler, 34 anos, que estava armado com uma pistola, libertou antes do disparo uma mulher de 53 anos, depois de exigir cigarros e uma bebida energética.

Ele se entrincheirou em uma casa depois de supostamente ter matado uma criança de 10 anos, cinco mulheres e um homem em duas casas.

Dantzler tinha vínculo pessoal com as vítimas, segundo a polícia, que não revelou mais detalhes.

Ele fugiu e foi perseguido pela polícia até a casa em que invadiu, onde aparentemente não tinha relação com os moradores.

(com Agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade