Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Soldado norte-coreano deserta e foge para a Coreia do Sul

Após cruzar a fronteira, militar disse que havia matado seus dois superiores

Um soldado norte-coreano desertou na madrugada deste sábado e fugiu para a vizinha Coreia do Sul. Um comunicado das autoridades militares sul-coreanas detalha que o homem atravessou a zona desmilitarizada que separa os dois países, alcançou o posto de vigilância e expressou o desejo de desertar.

O soldado disse ainda que havia matado dois superiores norte-coreanos antes de fugir: seu chefe de pelotão e um membro de seu esquadrão. Um funcionário do ministério da Defesa da Coreia do Sul, citado pela rede BBC, afirmou que os militares no posto de vigilância ouviram seis tiros antes do soldado aparecer correndo. O norte-coreano está sob custódia e foi levado para um interrogatório.

Episódio raro – Depois do incidente, o exército sul-coreano aumentou a vigilância na zona, embora nenhum movimento incomum tenha sido detectado na Coreia do Norte. As deserções são extremamente raras na região de fronteira entre as Coreias, devido à forte vigilância nos dois lados. O último caso de soldado desertor aconteceu em 2010.

A Coreia do Norte ainda não se manifestou sobre o incidente e nem confirmou vítimas em seus postos militares na fronteira.

(Com agência EFE)