Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Sobe para 287 número de mortos em naufrágio em Lampedusa

Mais 57 corpos foram retirados nesta terça-feira; navios cargueiros resgatam 400 imigrantes no Mediterrâneo

Por Da Redação 8 out 2013, 13h12

Subiu para 287 o número de mortes causadas pelo naufrágio de um navio que levava centenas de imigrantes ilegais africanos à ilha italiana de Lampedusa. Nesta terça-feira, autoridades italianas anunciaram a retirada de 57 corpos. A embarcação afundou a cerca de 900 metros de Lampedusa e está a 50 metros de profundidade.

Leia também:

Primeiro oficial do Costa Concordia estava jogando Playstation quando navio bateu

As autoridades acreditam que restam mais corpos no porão do navio, mas os mergulhadores encontraram dificuldades para alcançá-lo. Segundo testemunhos dos 155 sobreviventes, 518 pessoas estavam a bordo. O naufrágio ocorreu na quinta-feira passada. De acordo com a primeira reconstituição do acidente, a embarcação, trazendo imigrantes da Somália, Eritreia e Gana, pegou fogo e virou na região de Lampedusa.

Resgates – A tragédia não conteve o fluxo de imigrantes que tentam alcançar a Europa cruzando o Mar Mediterrâneo. Na noite de segunda-feira, um navio de bandeira panamenha resgatou 263 pessoas a bordo de um barco que quebrou a mais de 100 quilômetros da costa da Sicília. Outro navio, de bandeira dinamarquesa, salvou 141 imigrantes na mesma situação. Todos os resgatados foram levados para a Sicília.

(Com agências EFE e Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade